sábado, outubro 25, 2008

Como conseguir crédito para uma micro empresa? Como fazer empréstimos para uma empresa? Como obter - conseguir capital de giro?

MICRO EMPRESAS TÊM MAIS OPÇÕES DE CRÉDITO

Convênios facilitam o acesso dos micro e pequenos empresários aos financiamentos que podem ser liberados em até 10 dias.
A Caixa Econômica Federal e o Simpi (Sindicado da micro e Pequena Empresa de São Paulo) assinaram um convênio para facilitar o acesso dos micro e pequenos empresários aos financiamento do Proger (Programa de Geração de Emprego e Renda). Profissionais especializados vão ajudar na elaboração de projetos de viabilidades técnica e financeira, necessários a aprovação de empréstimos. Este serviço vinha sendo prestado em caráter experimental desde janeiro, e foi intensificado com a oficialização do convênio no final de março. segundo Joseph Couri, presidente do Simpi, o interesse dos empresários é grande e o índice de aprovação dos projetos já foi elaborados e foi muito bom. “Temos obtidos sucesso principalmente na financia mentos junto à Caixa Econômica federal, que tem sido bastante ágil na análise de projetos”.
O convênio é destinado a micro e pequenas empresas. Podem também ser beneficiados profissionais recém-formados que tenha até cinco anos de conclusão da graduação normal ou pós graduação.
O limite de crédito para micro empresa é de R$ 30.000,00 com prazo de 36 meses para investimento e 18 meses, já incluindo carência de até seis meses, para capital de giro. Quanto aos encargos, a taxa de juros é de 4% ao ano e remuneração básica é de 100% da TJLP ( taxa de juros de longo prazo).
Para pequena empresa, o limite de crédito é de 50 mil com prazo de 48 meses para investimento e de 24 meses, para capital de giro. A remuneração básica é de 100% da TJLP e a taxa de juros é de 4,5 % ao ano. Tanto para pequenas empresas quanto para microempresas sem faturamento nos últimos 12 meses, o valor do crédito é limitado a R$ 10 mil.
A documentação necessária para micro e pequenas empresas é: comprovante de residência dos sócios e dirigentes há no mínimo dois anos, quando se tratara de estabelecimento com menos de um ano de existência; projeto aprovado pela Entidade Credenciada, além dos documentos exigidos em normativo específico que o Simpi fornece.
Sebrae - A Caixa Econômica Federal (CEF) também fez um convênio de cooperação técnico-financeira com o Sebrae - SP (Serviço Brasileiro de Apoio ás Micro Empresas) para a implantação dos programas CEF Micro Giro Sebrae e CEF Giro.
O limite de crédito dessas linhas é de R$ 5 mil a R$ 30 mil, com prazo de 12 meses e parcelas corrigidas pela variação da TR (Taxa Referencial) mais 1% ao mês. para empresa de atividade entre três meses a onze meses, a linha d crédito é de até R$ 5 mil.
O objetivo da CEF e do Sebrae-SP em facilitar o acesso ao crédito e estimular e apoiar o microempresário para que possa ter condições de melhorar o seu negócio para proporcionar mais empregos.
A intenção do CEF Micro Giro Sebrae é beneficiar de 2 mil a 4 mil empresas com R$ 20 milhões de recursos cedidos pela Sebrae e locados pela CEF. Esse convênio apresenta três importantes diferenciais das outras linhas de crédito: limites diferenciados para empréstimo dependendo do faturamento, seguro de crédito e menor tempo da formação de empresa. O seguro evita que o empresário tenha apresentado como garantia equipamentos, móveis, etc. O percentual do seguro varia de 2,20% a 3,38% sobre o valor total do empréstimo.
Além das vantagens da linha de crédito, a função do Sebrae-SP é de prestar assessoria e orientar o empresário em analise técnica e gerencial do pedido sem custos. Conforme o diagnóstico da análise das condições de empresa, o Sebrae-SP encaminhará o empresário para CEF.
Outro atrativo desse convênio é a praticidade: depois que a ficha cadastral do empresário for aprovada, o empréstimo pode ser liberado em até 10 dias.
Simpi: (011) 887.8899
Sebrae-SP:(011) 0800.78.0202

Marcadores:

1 Comments:

Blogger Graduado brunao said...

Muito útil obrigado,..

10:23 AM  

Postar um comentário

<< Home